Portugal

2024-07-12-_rc08699_ritacarmo.jpg-ff7a222b.webp
Portugal, Expresso, Português
2024-07-12 01:32:44
Quatro concertos em dois anos não é algo que deixe os fãs dos Arcade Fire satisfeitos. Após ‘Wake Up’, tema com o qual a banda canadiana encerrou esta sua nova incursão por Portugal e pelo NOS Alive, os milhares de pessoas presentes no festival continuaram a entoar bem alto aquele coro, acompanhados por uma espécie de roda de samba, Win Butler a distribuir flores como se nada mais interessasse para além daquele momento, tanto que se tentou que o seu fim, mais que indesejável, fosse impossível. SubscreverJá é Subscritor?Faça login e continue a ler Inserir CódigoComprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler RPT
https3A2F2Fbordalo.observador.pt2Fv22Frs3Afill3A7703A4032Fc3A14403A8093Anowe3A03A662Fq3A852Fplain2Fhttps3A2F2Fs3.observador.pt2Fwp-content2Fuploads2F20242F032F071225122F18930235.jpg
Portugal, Observador, Português
2024-07-12 00:51:36
A Organização das Nações Unidas (ONU) considera que, em sociedades com baixa fecundidade e altas taxas de envelhecimento, a imigração será “o principal motor da mudança” e de dinamização demográfica até 2100. No relatório Perspetivas da População Mundial 2024, publicado esta sexta-feira e elaborado pelo Departamento de Assuntos Económicos e Sociais, a ONU pormenorizou que as migrações internacionais serão o primeiro fator de dinamização populacional em 52 países até 2054 e que este número subirá para 62 nações até 2100. “A migração internacional está entre as principais tendências demográficas que estão a moldar o nosso mundo. Se gerirmos os desafios e aproveitarmos as oportunidades, podemos acelerar os esforços para alcançar um desenvolvimento inclusivo e sustentável”, sublinhou a ONU, no documento. O relatório especifica que para os países com níveis de fertilidade “relativamente baixos”, citando a Austrália, o Canadá e os Estados Unidos, a imigração fará com que continue o aumento...
2024-05-29-doc.20240529.42948044.10-hg__1950.jpg-c6d7bf35.webp
Portugal, Expresso, Português
2024-07-11 16:11:11
As Selvagens vão deixar de estar interditas à pesca. O Governo de Miguel Albuquerque decidiu autorizar a captura de gaiado (uma espécie de atum mais pequeno), mas assegura que tal não tem a ver com as exigências do Chega para deixar passar o Executivo Regional. “É coincidência”, disse a secretária regional da Agricultura e Pescas, Rafaela Fernandes, em conferência de imprensa esta tarde. A pesca nas Selvagens está autorizada até Dezembro por causa de um estudo à espécie (para verificar a existência ou não toxinas) e, por isso, serão passadas licenças de pesca temporárias. Contudo, o pescado não será apenas entregue no laboratório de biologia pesqueira, mas servirá também para ser comercializado em lota pelos armadores. A abertura do mar da maior reserva marinha do Atlântico Norte foi feita no início da semana e a secretária regional da Agricultura garante que a decisão não está relacionada com as exigências do...
https3A2F2Fbordalo.observador.pt2Fv22Frs3Afill3A7703A4032Fc3A17083A9583Anowe3A03A02Fq3A852Fplain2Fhttps3A2F2Fs3.observador.pt2Fwp-content2Fuploads2F20242F072F111612142Fgettyimages-2160957390.jpg
Portugal, Observador, Português
2024-07-11 15:33:20
Depois de mais um dia marcante nas contas desta 111.ª edição da Volta a França, a calma voltou a imperar no pelotão. Jonas Vingegaard (Visma-Lease a Bike) foi o grande vencedor da 11.ª etapa, não só por ter vencido Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) ao sprint, mas também por ter feito uma grande recuperação depois do ataque do grande rival, numa exibição que fez relembrar o passado-recente do dinamarquês na Grande Boucle. O dia em que o duo imbatível transformou uma etapa de montanha num final ao sprint: Jonas derrotou Tadej e aproximou-se, João no top 5 “Sentia-me bem no Puy Mary [penúltima contagem de montanha] e decidi atacar lá, mas depois o Jonas entrou muito bem na segunda subida e fomos juntos até ao final. Agora, todos podemos ver que é uma luta justa. Ele está na sua melhor forma, bateu-me muito bem na meta. Jonas esteve melhor nessa subida e...
2023-02-15-ana-raquel-moniz-monica-bessa-correia-e-pedro-ribeiro-mascarenhas-cerimonia-de-tomada-de-posse-dos-membros-da-entidade-para-a-transparencia-1ee9260c.webp
Portugal, Expresso, Português
2024-07-11 07:25:19
A declaração de rendimentos e interesses do primeiro-ministro é uma das que não está ainda disponível na plataforma da Entidade para a Transparência (EpT). Esta nova entidade – criada por uma lei de 2019, mas que só foi formada em fevereiro de 2023 e disponibilizou a plataforma em março deste ano – já recebeu quase mil declarações únicas de rendimento e património de titulares de cargos políticos e altos cargos públicos. Mas foram reportadas algumas dificuldades técnicas no preenchimento das declarações na nova plataforma eletrónica, que atrasaram nalguns casos a entrega dos documentos que devia ter sido feita até ao passado dia 2 de junho e teve de ter um prolongamento de 30 dias. A informação foi avançada pela presidente do organismo, Ana Raquel Moniz, durante uma visita dos deputados da Comissão Parlamentar da Transparência e Estatuto dos Deputados às instalações no Colégio de Santa Rita, em Coimbra, no passado...
770-podcast-ainda-bem-que-faz-essa-pergunta-pauloainda-bem.jpg
Portugal, Observador, Português
2024-07-11 06:56:22
O olhar de José Manuel Fernandes e Helena Matos para os principais acontecimentos do dia. Programa aberto à participação dos ouvintes que quiserem dar a sua opjnião. Basta inscreverem-se pelo 910024185. Todos os dias às 10h10 na Rádio Observador. RPT
2024-06-19-criancas-populacao-lisboa-tejo-50c61eab.webp
Portugal, Expresso, Português
2024-07-11 00:05:40
Quase dois terços (62%) das famílias com filhos em Portugal têm apenas uma criança. Essa percentagem não só fica acima da média da União Europeia (49%), como é mesmo a mais alta entre todos os países, mostram os dados recolhidos pela Pordata e divulgados esta quinta-feira para assinalar o Dia Mundial da População. SubscreverJá é Subscritor?Faça login e continue a ler Inserir CódigoComprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler RPT
https3A2F2Fbordalo.observador.pt2Fv22Frs3Afill3A7703A4032Fc3A14403A8083Anowe3A03A662Fq3A852Fplain2Fhttps3A2F2Fs3.observador.pt2Fwp-content2Fuploads2F20232F082F171924052Fcarris.jpeg
Portugal, Observador, Português
2024-07-10 23:34:30
Os trabalhadores da Carris, motoristas e guarda-freios, cumprem esta quinta-feira uma greve de 24 horas em protesto pela falta de resposta da administração às reivindicações de aumento real dos salários e de evolução para as 35 horas semanais de serviço. A greve foi iniciada pelos trabalhadores da rede da madrugada às 22h00 de quarta-feira, enquanto para os restantes trabalhadores de tráfego terá início às 3h00 desta quinta-feira. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários e Urbanos de Portugal (STRUP), afeto à Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS), os setores fixos estão em greve entre as 00h00 e as 23h59 desta quinta-feira. O sindicato sublinha que estão abrangidos pelo pré-aviso de greve todos os trabalhadores que iniciem o seu período de trabalho antes das 00h00 de quinta-feira, ou que o seu maior período de trabalho corresponda a esta data. PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR...
2024-04-02-FOX_Posse_00029.JPG-371e0660.webp
Portugal, Expresso, Português
2024-07-10 14:40:54
“Quero dizer de forma muito clara que, em vez do superavit prometido, encontrámos um défice orçamental de cerca de 287 milhões no subsistema de solidariedade”. Foi desta forma que a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Rosário Palma Ramalho, iniciou a sua primeira audição regimental, na manhã desta quarta-feira, na Comissão de Trabalho, Segurança Social e Inclusão, no Parlamento. A ministra denunciou ainda falhas na coordenação das medidas do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) afetas ao ministério que agora tutela, com impacto na execução das metas. E em matéria de alterações à legislação laboral ou ao subsídio de desemprego, remete para a concertação social, sublinhando o que vem repetindo: ”Tudo está em aberto”. SubscreverJá é Subscritor?Faça login e continue a ler Inserir CódigoComprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler RPT
https3A2F2Fbordalo.observador.pt2Fv22Frs3Afill3A7703A4032Fc3A19973A11253Anowe3A33A1592Fq3A852Fplain2Fhttps3A2F2Fs3.observador.pt2Fwp-content2Fuploads2F20242F072F101258322F43193339.jpg
Portugal, Observador, Português
2024-07-10 13:43:27
A ministra do Trabalho diz que o Governo está a olhar para a norma que leva a que as novas pensões sejam atualizadas apenas no segundo ano em que são atribuídas. A questão foi levantada por José Soeiro, deputado do Bloco de Esquerda, que quis saber se o Governo iria alterar esta regra, que leva a “perda de poder de compra” para muitos pensionistas. Na audição parlamentar desta quarta-feira, Rosário Palma Ramalho defendeu que se trata de um “problema real” e que o Governo “está a refletir” sobre a matéria. O Bloco de Esquerda vai apresentar uma iniciativa legislativa para tentar resolver a situação. A questão tem sido criticada por movimentos de pensionistas, que consideram a norma “injusta e absurda”. Movimento de reformados quer alteração de norma que atualiza pensões apenas no segundo ano PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR Em causa está o artigo sobre a atualização de...
plugins premium WordPress
Translate »